O nosso Blog sobre tecnologia.

Posts marcados ‘OFF’

[OFF] Belo Monte, as duas faces da moeda

Nos últimos dias circulou nas redes sociais um vídeo com vários atores globais protestando contra a hidrelétrica de Belo Monte em um movimento chamado “É a Gota D’Água +10”. Muitos de vocês devem ter compartilhado esse vídeo e feito algum protesto sobre, nada contra, cada um tem sua própria opinião, o que não deve acontecer é serem incentivados por um grupo, se tornando massa de manobra para defender interesses alheios. Hoje trataremos desse assunto em vez de falar de Apple pelas proporções que ele tomou nas redes sociais.

Quando começou a circular esse vídeo no Facebook, depois que assisti, pensei: “acho que isso não está certo, não é bem assim isso, vou tirar uma ideia com quem entende do assunto, ou seja, meus professores”. Não foi necessário tirar essa dúvida, vi o tal vídeo na quinta 17/11 e na manhã seguinte um professor meu de Geografia do cursinho pré-vestibular (convenhamos que ele está fazendo doutorado e tem capacidade para falar do assunto com fundamentos) publicou a seguinte frase: “Ridiculo…
Unir um certa quantidade de atores Globais para falar o que nem sabe é facil.
Dificil é alguem trazer uma solução para gerar energia o suficiente para o Brasil ser auto sustentavel conforme o seu crescimento.
Falar que energia hidrica não é limpa, que a solução está presente em parques eolicos e em solar, é uma demonstração de leigos sobre a nossa matriz energética.”

Na mesma sexta-feira na aula um professor de história comentou que colocou um comentário sobre o assunto em sua página do Facebook Brasileiros Sempre o qual redijo para cá: “Outro tema bem interessante. BELO MONTE!!! Valeu atores globais por irem contra o desenvolvimento do seu país. Não devemos gastar 30 bilhões para fazer a Hidrelétrica, mas devemos gastar isso para fazer COPA DO MUNDO E OLIMPÍADA? A bacia hidrográfica da Amazônia é a maior do planeta, e o XINGU é Perene. Então vamos continuar exportando bauxita para o canadá e comprando aluminio deles, já que não temos energia para produzi-lo? Antes de fazer um movimento dessas proporções, pensem no BRASIL. Então o problema são os 3000 índios da região, desloque-os, e demarque novas áreas para eles. Vamos mobilizar a sociedade para entender que quem financia esse tipo de ação são ONGS que não querem o desenvolvimento nacional.”

Talvez muitos estão pensando no problema da retirada dos indígenas do local, mas pensem: para se fazer a estrutura para a Copa do Mundo e Olimpíada até mais pessoas terão de ser retiradas de seus lares para que sejam instalados os trilhos do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), além de expansão de aeroportos, rodovias e outros. O problema maior não será a retirada dos índios, e sim para onde levar eles, uma vez que na reserva Raposa Serra do Sol afetaram negativamente a vida de diversos rizicultores que estavam ganhando a vida honestamente e lutando a cada dia para sobreviver. A solução seria colocar esses índios em fazendas abandonadas (em de ser ocupada pelo MST que na verdade só beneficia uma minoria elitista que nem aparece no movimento) ou em terras nas mãos da receita federal ou da justiça.

O Brasil é um país que tem um futuro brilhante pela frente, mas ainda precisa melhorar a questão social, mas com uma boa economia isso virá como consequência e quando produzirmos e exportarmos Alumínio em vez de ter o minério, mas não a energia para sua produção, o nosso PIB poderá se elevar um pouco mais e beneficiar regiões que sofrem com a seca e pobreza (onde a usina será instalada).

Quem está fazendo o movimento são ONGs, esse tipo de instituição, na maioria das vezes só quer se beneficiar uma vez que recebem auxilio do governo (dinheiro) e não precisam declarar imposto de renda. Só uma breve história: na Floresta Amazônica temos ONGs internacionais que além de terem esses benefícios, muitas vezes estão interessadas em descobrir ervas medicinais com nativos da região e levarem as descobertas para seus laboratórios no exterior sem sequer os brasileiros ficarem sabendo, assim não tem como o governo aplicar as devidas medicas. Por esse motivo não gosto da maioria das ONGs.

Para finalizar e não alongar muito esse texto, gostaria de dizer que tudo que apresentei aqui foi o meu ponto de vista, do mesmo jeito que quem pagou os globais expôs o seu também (mas de uma forma bem refinada). Enfim, não quero ser fundamentalista nem formador de opinião, só gostaria que os leitores desse Blog vissem o outro lado da moeda e refletissem sobre o que realmente seria o melhor para o Brasil.

Ah, e lembrem-se, vocês são ainda uma minoria que estão tendo a oportunidade de conhecer o outro lado da história, enquanto muitos acreditam e pronto, ainda mais com a mensagem sendo transmitidas por pessoas como atores de telenovelas (eles não tem culpa de serem pagos para isso).